Euro Tyre enaltece pneu do futuro da Continental

O problema da perda súbita de pressão no pneu sempre foi uma questão preocupante. João Madeira, gestor de marketing e comunicação da Euro Tyre, aborda esta temática.

Primeiro, os veículos “aprenderam” a detetar uma diminuição da pressão e a avisar o condutor. Em segundo lugar, existem pneus que são colocados em determinados modelos em que não há receio de despressurização completa (é possível conduzir algumas dezenas de quilómetros até à estação de serviço mais próxima).

Mas a Continental decidiu ir mais longe: apresentou um protótipo de um pneu inteligente que, não só, consegues insuflar-se, como, também, ajustar a pressão dependendo das condições climatéricas.

O concept Conti C.A.R.E (Connected. Autonomous. Reliable. Electrified.), que está a ser apresentado no Salão de Frankfurt, consiste num pneu que está, literalmente, carregado de sensores.

Sensores esses que conseguem identificar a altura do piso do pneu, a condição técnica do piso, a temperatura e, obviamente, a pressão interna.

Toda esta informação é reunida pelo sistema ContiSense e é transmitida pelo sensor interno de Bluetooth para o computador de bordo do veículo, podendo, depois, ser também retransmitida ao smartphone do proprietário.

Um dos argumentos deste novo pneu é a sua capacidade de ajustar a pressão de forma independente. Para tal, não é necessário existirem sistemas de pressão externos, mas uma bomba de pressão centrífuga.

Quando o veículo aumenta a velocidade, a bomba consegue aumentar a pressão do pneu. O excesso de ar comprimido é armazenado num pequeno reservatório integrado, que consegue rapidamente equalizar a pressão na jante (esta tecnologia denomina-se PressureBoost).

Resumindo, a tecnologia Conti C.A.R.E não só mantém pressão equilibrada em todos os pneus automaticamente, como, também, a adapta independentemente das condições climatéricas: velocidade do veículo e carga, bem como temperatura ambiente, entre outros.

João Madeira, gestor de marketing e comunicação da Euro Tyre, chama a atenção para o facto de esta tecnologia conseguir, também, reduzir as emissões de CO2.

Mais existem mais benefícios: controlo melhorado (a pressão do pneu aumenta a alta velocidade) e transferência de energia mais eficiente (reduz a pressão em superfícies de rápida movimentação) traduzindo-se em menor desgaste do pneu e menor consumo de combustível.

O sistema ContiSense é, também, apresentado como uma solução conveniente para a gestão de frotas. Com esta ajuda, o proprietário vai poder saber, através da plataforma ContiConnect Live, o estado de todos os pneus e terá a certeza que todos eles estão a rolar em perfeitas condições.

João Madeira traça ainda um cenário, em género de desafio: “Imagine-se uma frota de táxis autónomos no futuro, por exemplo, com controlo totalmente independente sobre cada pneu, a melhorar a performance e a ajudar a minimizar os custos”.

Também pode gostar de ler