Continental pioneira em testes de pneus com condução autónoma

No seu local de testes em Uvalde, no estado do Texas, EUA, a empresa tecnológica Continental encomendou o primeiro veículo sem condutor para teste de pneus para diversos tipos de pisos.

O objetivo é tornar os resultados dos testes de pneus para veículos de passageiros e pesados mais conclusivos e minimizar o impacto do procedimento de teste nos resultados.

O novo veículo de teste é baseado no automatizado Cruising Chauffer da Continental, desenvolvido para rodovias.

O veículo de teste é controlado utilizando um sistema de navegação baseado em satélites. Equipado com câmara e sensores de radar, o veículo pode reagir imediatamente a pessoas, animais ou outros objetos inesperados na via, mesmo sem condutor.

A equipa de desenvolvimento da Uvalde está a contribuir para tornar real a estratégia "Visão Zero" da Continental com vista a uma condução sem acidentes.

Uma das tarefas desafiantes na produção de pneus é realizar testes de qualidade enquanto os pneus estão em utilização. Novos compostos de borracha e modelos de pneus têm de ser testados em condições reais, avaliando o quão bom é o seu desempenho em estradas de cascalho, por exemplo.

Dirigir os veículos de teste exige muito dos condutores, pois mesmo os menores desvios na pista de teste podem ter um impacto enorme na qualidade e na comparabilidade dos resultados.

Além da comparabilidade significativamente melhorada dos resultados, o teste de pneus com veículos automatizados reduzirá ainda o trabalho de manutenção necessário nas pistas de teste.

Como o veículo é lançado numa rota que varia apenas alguns centímetros a cada teste, a pista é submetida a menos desgaste, exigindo, portanto, consideravelmente menos manutenção.

Também pode gostar de ler