Goodyear AERO: o pneu que também serve de hélice

A Goodyear está a apresentar o seu mais recente protótipo de pneu no Salão Genebra, que também serve de hélice para os automóveis voadores autónomos do futuro.

Nada menos do que “dois em um”. É, desta forma, que a Goodyear classifica o AERO concebido para os automóveis voadores autónomos do futuro.

Este protótipo funcionaria tanto como um pneu para conduzir na estrada, como uma “hélice” para voar pelos céus.

Eis as diversas características inovadoras do protótipo AERO:

Design Multimodal: conceito multimodal de rotor de inclinação. Serve como um trem motriz, para transferir e absorver forças para e a partir da estrada, numa orientação tradicional e como um sistema de propulsão de avião, para proporcionar uma elevação, noutra orientação. Aplicado a veículos capazes de o fazer, o AERO daria aos futuros passageiros a liberdade de se moverem na perfeição da estrada para o céu.

• Estrutura não pneumática: os braços do protótipo proporcionam apoio para suportar o peso do veículo ou atuam como lâminas de ventilador, para proporcionar elevação quando o pneu esteja inclinado.

Este pneu sem ar único utiliza uma estrutura não pneumática que é suficientemente flexível para amortecer os impactos quando se conduz em estrada e suficientemente resistente para girar às elevadas velocidades necessárias para que os rotores criem uma elevação vertical.

• Propulsão magnética: utilizaria a força magnética para proporcionar propulsão sem fricção. Tal permitiria alcançar elevadas velocidades de rotação necessárias para conduzir o veículo no solo e quando a roda estivesse inclinada, para levantar um veículo no ar e propulsioná-lo para a frente.

• Deteção ótica: faz uso de sensores de fibra ótica baseados em luz para monitorizar as condições da estrada, o desgaste do pneu e a respetiva integridade estrutural.

• Inteligência Artificial: inclui um processador de IA integrado, destinado a combinar a informação dos sensores do pneu com os dados das comunicações veículo-veículo e veículo-infraestrutura.

O processador de IA analisa estes fluxos de dados para recomendar uma determinada ação (permitir que um veículo se adapte a um modo de voo ou condução), identificar e resolver eventuais problemas relacionados com os pneus antes que estes ocorram.

Embora o AERO seja um design puramente concetual, a Goodyear encontra-se a desenvolver algumas das suas tecnologias mais importantes, como uma estrutura não pneumática e capacidades inteligentes para os pneus, enquanto que outras poderão tornar-se na base de novas ideias e produtos para o futuro.

Veja o vídeo aqui.

Também pode gostar de ler