Dunlop quer defender título de 2017 nas 24h de Nürburgring

É a corrida do ano no Nordschleife de Nürburgring: a corrida de 24 horas da ADAC. A Dunlop entra no longo fim de semana da Festa da Ascensão (10 a 13 de maio) enquanto campeã em título no circuito montanhoso de Eifel, também conhecido como o “Inferno Verde”.

No ano passado, a Dunlop e a Audi venceram aquela que é, provavelmente, a corrida mais dura do mundo, ou seja, a corrida do ano no Nordschleife de Nürburgring: as 24 horas da ADAC.

A Dunlop dará suporte, mais uma vez, este ano, às ambições das equipas de topo da Audi. O Audi R8 LMS, com apoio de fábrica, da Audi Sport Team Phoenix, com o n.º 3, e o Audi Sport Team BWT, com o n.º 24, competirão na 46.ª edição da corrida de 24 horas com pneus de competição GT3 da Dunlop.

A equipa Frikadelli Racing Team escolheu pneus de competição Dunlop para os seus dois Porsche 911 GT3 R após extensos testes comparativos. “Com o Porsche 911 GT3 R, um ótimo conjunto de pilotos, com pilotos experimentados no Nordschleife, e a Dunlop enquanto parceiro de pneus, dispomos de uma excelente combinação para podermos ter uma palavra a dizer na luta pela vitória à geral”, afirma Felipe Fernandez Laser, que partilha o Porsche n.º 31 com Marco Seefried, Norbert Siedler e Mathieu Jaminet. “Em especial no Nordschleife, a performance e a longevidade dos pneus de competição Dunlop são uma vantagem”, acrescenta.

Adicionalmente, um terceiro Porsche 911 GT3 R, da GetSpeed Performance, também corre com Dunlop. A Dunlop é o mais bem sucedido fabricante de pneus na história da corrida de 24 horas. O circuito de 25 km constitui um exigente teste tanto para os carros com para os pneus, e a Dunlop utilizou o traçado durante o desenvolvimento do pneu Sport Maxx Race 2, que é montado como equipamento de origem nos Porsche 911 GT3, GT3 RS e GT2 RS.