Automobilistas não ligam à etiqueta dos pneus

A etiqueta energética dos pneus é ignorada pela maioria dos compradores, de acordo com os profissionais da área consultados pela Continental.

Cerca de 91% dos peritos é da opinião que a etiqueta energética não é levada em linha de conta pelos automobilistas quando é chegado o momento de adquirir pneus novos.

Desde o passado dia 1 de julho, os pneus fabricados na União europeia têm de estar identificados com uma etiqueta energética. Com esta medida pretende informar-se os consumidores sobre os níveis de eficiência energética, segurança, ruido que estes produzem. Nove em cada dez peritos consultados pela Continental referem que esta etiqueta é totalmente ignorada pelos compradores.

Esta é uma das conclusões de um recente estudo elaborado pela Continental sobre segurança rodoviária, tendências de consumo e posicionamento da marca a partir de opiniões profissionais. São apenas 9 a 8% dos clientes que olham para a etiqueta.