Estudo da Goodyear aponta para os veículos eficiente no futuro

Os Millennials, geração de jovens entre os 18 e 30 anos, desejam um futuro amigo do ambiente e consideram que os benefícios dos veículos sustentáveis vão ajudar a alcançar esta realidade.

De acordo com os novos resultados de um estudo realizado pela Goodyear Dunlop Tires Europe (GDTE) em associação com a ThinkYoung, a maioria (59,3%) dos entrevistados prevê que nos próximos 10 anos o maior desafio para a indústria automóvel é a construção de automóveis sustentáveis com um foco em tecnologia respeitadora do ambiente.

O importante desta nova investigação da Goodyear foi o desenvolvimento nos transporte e na mobilidade, partes essenciais para acompanhar as necessidades de uma sociedade em constante mudança da população global. O estudo “ThinkGoodMobility” baseou-se num inquérito realizado a mais de 2.500 estudantes universitários de ciências, tecnologia, engenharia, arte e design bem como matemática, com idades compreendidas entre s 18 e os 30 anos e oriundos de 12 países, o que serviu para dar voz aqueles que vão moldar o futuro da mobilidade em 2025.

Confrontados com uma população em constante expansão e consequente aumento dos transportes rodoviários, quando questionados acerca dos esforços de sustentabilidade na indústria automóvel e sistemas de transporte em 2025, quase metade dos jovens (49%) acredita que os veículos eficientes em termos de consumo de combustível devem ser uma das áreas primárias de interesse.

Esta percentagem é superior aos 27% que consideram o investimento nos sistemas de transporte público de máxima prioridade. Isto significa que os jovens europeus esperam melhorias na sustentabilidade em geral dos sistemas de transporte, mas não querem que a liberdade de escolha e de movimentos que desfrutam agora seja restringida no futuro. De facto, a maioria dos entrevistados (85%) acredita que possuirá um automóvel dentro de 10 anos.

Entre as prioridades no que diz respeito à sustentabilidade para a próxima década também é focado o desenvolvimento de tecnologia inteligente para veículos eficientes (24,1%) e pneus respeitadores do ambiente e adaptativos (18,1%). Todos estes fatores contribuem para a melhoria da eficiência dos veículos.

Precisamente um elemento fundamental para que se produza esta eficiência são os pneus. Quando questionado aos jovens europeus sobre as características que mais gostariam de ver nos pneus do futuro, a segunda característica mais comum é o gosto pela eficiência em termos de consumo de combustível (32,9%).