Paolo Roversi é o fotógrafo do calendário Pirelli 2020

O ano de 2020 tem uma forma gráfica que parece a repetição de um número que é, de certo modo mágico: o número vinte escrito duas vezes.

É o dobro, a relação dupla entre a história do passado e o novo mundo. É o momento de Paolo Roversi, o fotógrafo que irá conceber o calendário 2020 para a Pirelli.

Muitas vezes, quando se fala sobre fotografia, o tempo é considerado um fator técnico. Mas nem sempre é assim. Na obra de Paolo Roversi, o tempo está suspenso e é quase indefinido.

As imagens de Paolo Roversi evocam emoções e sensações sensuais de sonho com uma luz que recorda os mosaicos de Ravenna, a sua cidade-natal.

As suas fotografias enaltecem a graça e a fragilidade da figura feminina. “Para mim, a fotografia não é uma simples reprodução da realidade, mas sim uma revelação, porque quando faço uma fotografia sinto que estou a tocar numa outra vida e outro mundo”, explica o fotógrafo.

Uma intensidade que torna possivel através de grandes exposições que permitem um diálogo entre o fotógrafo e o sujeito, criando uma compreensão que é palpável e encarna emoções intangíveis, mas reconhecíveis, como misticismo e devoção, contemplação e extâse.

Paolo Roversi, formado em Paris na década de 1970, é considerado um dos fotógrafos contemporâneos com maior talento, especialmente devido ao seu estilo pessoal e altamente reconhecível.

Também pode gostar de ler