Goodyear explica porque se deve colocar pneus iguais

A Goodyear investe tempo e esforço muito significativos no desenvolvimento de pneus OE, especificamente concebidos para se adaptarem a um novo modelo de uma determinada marca, para, assim, oferecerem um ótimo desempenho.

A minuciosa atenção dedicada ao desenvolvimento deste tipo de pneus garante o ajuste adequado a cada veículo, cobrindo, assim, as suas exigências específicas e otimizando a experiência de condução, a segurança e a performance. Que é o mesmo que dizer que quando estes pneus completam a sua vida útil, substituí-los pelos mesmos garante um funcionamento ótimo do automóvel.

Processo:

Na Goodyear, a inovação é o motor que impulsiona o desenvolvimento dos pneus OE, que podem ser de verão, de inverno ou para todas as estações. Cada veículo é um caso e o mercado evolui em permanência, pelo que cada novo pneu OE exige a planificação de novos desenhos e a otimização dos seus resultados. A duração total do processo oscila entre dois e três anos, desde o primeiro esboço até à produção final, englobando as seguintes fases:

1. Análise e simulação: os designers e os engenheiros da Goodyear investem até seis meses de trabalho na criação da sinergia perfeita entre o veículo e o pneu. Uma vez fechado o acordo de colaboração entre o fabricante do veículo e a Goodyear, tem início a discussão sobre o modelo de automóvel específico e que requisitos devem cumprir os pneus que o equipem.

2. Conceção e desenvolvimento: entre 18 e 24 meses é o tempo que demora definir os requisitos para cada marca, modelo e tipo. Durante esta fase, é levado a cabo um trabalho de seleção, entre mais de 200 critérios de performance, com o intuito de que o pneu OE seja ótimo. Maneabilidade, travagem, resistência ao rolamento, conforto e ruído, entre outras, são algumas características tidas em conta na procura do equilíbrio entre elas e evitando eventuais contradições.

3. Testes: antes que tenha início a produção, os pneus OE têm de passar por uma série de ensaios rigorosos por parte da equipa de engenheiros e pilotos de testes. Cada novo pneu é comparado com mais de 50 critérios de performance nas instalações dedicadas aos testes da Goodyear. Resultado: até 200 testes em estradas e em circuitos, 400 testes em laboratórios, somando um total de 300.000 km nas mais diversas condições meteorológicas.

4. Produção: neste momento, tem início o processo de industrialização (dois a seis meses) e, com ele, arranca a produção de um pneu OE à medida para cada modelo de veículo.

5. Lançamento: os pneus estão prontos para sair para o mercado. Por fim, são instalados nos veículos para os quais foram concebidos e apresentados aos clientes. Alguns pneus OE exibem uma marcação especial por parte do fabricante de automóveis, por forma a poderem ser facilmente reconhecidos pelo consumidor.