Michelin faz história em Le Mans

Depois de ter proporcionado à Michelin a primeira da sua recente série de vitórias em Le Mans com Laurent Aïello, Stéphane Ortelli e Allan McNish em 1998 (Porsche 911 GT1-98), a Porsche conseguiu a 20.ª vitória consecutiva para o grupo nesta lendária prova.
Desde o começo da sua ininterrupta série de 20 vitórias desde 1998, a Michelin ganhou as 24 Horas de Le Mans com parceiros como Audi, Bentley, BMW, Peugeot e Porsche. E, antes disso, o grupo ganhou esta conceituada corrida de resistência com McLaren, Mercedes-Benz, Alpine-Renault e Chenard & Walcker. Nesta edição de 2017, Timo Bernhard, Earl Bamber e Brendon Hartley (Porsche 919 Hybrid N.° 2) conseguiram o prémio mais prestigiado da disciplina depois de terem ganho a emocionante corrida do fim de semana, liderada durante a noite pelo Porsche 919 Hybrid N.° 1 (Jani/Lotterer/Tandy), pelas retiradas quase simultâneas dos Toyota TS050-Hybrid N.° 7 (Conway/Kobayashi/Sarrazin) e N.° 9 (Lapierre/ Kunimoto/López) e pelo longo tempo que passou o Toyota N.° 8 (Buemi/Davidson/Nakajima) no pit para resolver um problema técnico. Durante este tempo, o Porsche N.° 2 concentrou-se na sua tentativa de recuperar o tempo que tinha perdido no sábado à noite enquanto solucionava um problema técnico. Com decisão e depois de a corrida ter estado brevemente liderada por um protótipo LM P2, os três pilotos ficaram à frente quando ainda faltava uma hora.

Também pode gostar de ler