Equipas de resistência da Dunlop lideram EWC

A segunda corrida da presente temporada do Campeonato do Mundo de Resistência da FIM (EWC) terá lugar nos dias 15 e 16 de abril, em Le Mans.

O líder do campeonato e defensor do título, a Suzuki Endurance Racing Team, está na sua terra-natal para a icónica corrida que, no ano passado, assistiu à sua recuperação meteórica desde o 54.º lugar, para terminar na 5.ª posição. 33 equipas entre 60 escolheram competir com pneus Dunlop.c

A grande novidade da corrida de Le Mans é a reasfaltada pista Bugatti no circuito de La Sarthe. Testes recentes mostraram uma diferença significativa nas características da pista, com um nível de abrasividade muito mais elevado com o novo asfalto e muito variável dependendo da temperatura.

A Dunlop levará 3.900 pneus para o evento, de modo a oferecer uma ampla variedade de opções às equipas para se adaptarem às condições climáticas e às exigências da pista. Espera-se que as equipas elejam pneus dois graus mais duros do que em anos anteriores.

Será decisivo o pneu KR108, com provas dadas em corrida, que contribuiu para muitas vitórias em todo o mundo. Apesar do pneu mais duro e durável, espera-se que os tempos por volta sejam mais rápidos do que em anos anteriores, tendo em conta os dados relativos aos testes realizados no mês passado.

O EWC é um palco importante para o desenvolvimento. Recentemente, a Dunlop lançou o seu último GP Racer D212, após ter sido testado com êxito na primeira corrida de EWC da temporada. A seleção final dos compostos para o GP Racer foi feita na sequência dos resultados satisfatórios obtidos na categoria Superstock na ronda inaugural de Paul Ricard, com o pneu dianteiro a lograr cumprir mais de 200 voltas antes de necessitar de uma troca de pneus.

Mesmo os mais recentes pneus da Dunlop orientados para estrada usam a tecnologia testada no EWC, com o novo pneu SportSmart2 Max para 2017 a incorporar um composto de resistência ao centro e um composto de elevada aderência nos ombros, para assegurar um desgaste uniforme e uma performance constante em estrada.