Pirelli vai produzir pneus para o automóvel mais caro do mundo

A Pirelli lançou mais um membro da Pirelli Collezione para os históricos mais prestigiantes. O novo Stelvio Corsa nasce especificamente para o Ferrari 250 GTO, mantendo uma aparência específica da época a que remonta o veículo sem renunciar à mais recente tecnologia.

A marca recupera uma denominação histórica para o seu mais recente produto, concebido pela consequência de um acordo com a Ferrari. No Rali Coppa Milano-Sanremo, prova que conta com a Pirelli como parceiro da organização, marcará a estreia ao público do seu primeiro pneu concebido para o Ferrari 250 GTO.

Trata-se de um veículo muito especial que quebra todos os registos existentes. Sem ir mais longe, em 2014 uma unidade foi leiloada por uns incríveis 38 milhões de dólares.

O Stelvio Corsa é o último filho da familia Pirelli Collezione, encarregada de equipar os veículos mais icónicos fabricados entre 1950 e 1980, preservando sempre as suas características originais. O desenho e a imagem do flanco dos pneus é igual aos de origem, com aspecto “Vintage” que, no entanto, encobre uma tecnologia de vanguarda.

Devido ao uso de novos compostos, a gama Pirelli Collezione proporciona uma melhor aderência em superficies secas e molhadas, assegurando elevados níveis de segurança e fiabilidade, sem comprometer o estilo original do pneu.

Durante o processo de desenvolvimento, os engenheiros da Pirelli utilizaram os mesmos parâmetros do que os originais para complementar o melhor possível as características mecânicas e de suspensão. O resultado final é um combinação de rendimento, estilo e originalidade.

Na hora de conceber o Stelvio, a Pirelli recorreu às imagens do arquivo da Fundação Pirelli. Na sua produção, foram utilizadas técnicas herdadas da competição.