Volkswagen ID. R quer trazer o recorde com pneus Bridgestone

Os pneus Potenza da Bridgestone irão acompanhar o Volkswagen ID. R, numa altura em que procura bater o recorde do tempo de volta estabelecido entre veículos elétricos no Nürburgring-Nordschleife, no verão de 2019.

Tendo já trabalhado juntos por um longo período de tempo, o construtor alemão e o fabricante japonês vão, agora, expandir a sua parceria no mundo do automobilismo.

O ID. R é o precursor da nova família de produtos ID., a ampla gama de veículos totalmente elétricos da Volkswagen, a ser lançada a partir de 2020.

“Estamos ansiosos por começar a trabalhar com a Bridgestone no mundo do automobilismo” afirma Sven Smeets, Motorsport Director da Volkswagen. “Com esta tentativa de quebrar o recorde no Nordschleife, queremos demonstrar o enorme potencial do desempenho com a condução elétrica” explica Smeets.

A Volkswagen já tinha alcançado um novo recorde com o ID. R, na famosa subida de Pikes Peak (EUA), em 2018.

A Bridgestone e a Volkswagen já tinham desenvolvido uma parceria para fabrico e desenvolvimento de equipamentos originais para veículos de produção.

“Ambas as marcas dispõem de um foco na tecnologia do futuro e na inovação” afirma Mark Tejedor, vice-presidente de equipamento de origem na Bridgestone EMEA.

“Recorremos à nossa especialização no motociclismo e na mobilidade elétrica para desenvolver os pneus desportivos Potenza, especialmente adaptados às exigências de um carro elétrico de corrida. Estes pneus oferecem a confiança e o desempenho necessários para ajudar a Volkswagen Motorsport a quebrar novos recordes de tempo", acrescenta.

Com 20.832 km, 73 curvas e uma mudança de elevação entre os setores mais alto e mais baixo de cerca de 300 metros, a pista de Nordschleife Nürburgring é uma das mais desafiantes do mundo, tendo o ex-campeão mundial de Fórmula 1, Jackie Stewart, cunhado a pista no Eifel “Green Hell” em 1927.

O atual recorde de tempo para a volta por um veículo exclusivamente elétrico é de 6 minutos e 45,900 segundos, conseguido pelo britânico Peter Dumbreck (NIO EP9).

Também pode gostar de ler