Grupo Renault revelou planos para a Alpine

O renascimento da Alpine foi relevado nas estradas do rali de Monte-Carlo e no topo do Col de Turini.

O Grupo Renault levantou um pouco o véu sobre o novo show car Alpine Vision, que alia, segundo a marca francesa, um design sensual a uma excecional agilidade. Este novo concept deverá impor-se como o digno herdeiro da célebre Alpine Berlinette A110.

O Alpine Vision recebe um motor de quatro cilindros turbo, desenvolvido pelos especialistas da Renault Sport. A sua leveza permite-lhe cumprir o arranque dos 0-100 km/h em menos de 4,5 segundos, que é o objetivo fixado para o futuro modelo de produção em série.

alpineconcept1A Alpine será gerida dentro do Grupo Renault por uma pequena equipa de especialistas, que terá como missão ir ao encontro – ou mesmo para lá – das exigências dos clientes do segmento de desportivos premium.

Nos próximos 12 meses, a equipa da Alpine estará focada no desenvolvimento de um automóvel de exceção, que estará muito próximo deste show car em termos de linhas, peso, comportamento, agilidade e atenção dada aos mais pequenos detalhes.

A manutenção do programa desportivo é outra prioridade da equipa Alpine. A escuderia Signatech-Alpine Racing já conquistou dois títulos no ELMS (European Le Mans Series) e, este ano, vai inscrever dois protótipos Alpine LMP2 no campeonato FIA WEC e nas 24 Horas de Le Mans. O novo Alpine será comercializado em 2017, inicialmente na Europa.