Renault Mégane CC 1.6 dCi GT Line

A variante coupé-cabriolet (CC) do Mégane foi a última carroçaria a beneficiar das recentes alterações introduzidas, nas quais se destacam os novos grupos óticos e o símbolo de maiores dimensões.

A carroçaria pintada de branco ajuda, é um facto, mas a elegância da sua silhueta e o toque desportivo conferido pelo pacote GT Line, são motivos mais do que suficientes para que não passe despercebido na estrada.

Com uma superfície vidrada de quase 1 m2, o teto panorâmico do mais desinibido dos Mégane é, de acordo com a Renault, o maior da sua categoria. Para vê-lo desaparecer, basta premir um botão e aguardar 21 segundos, altura em que este modelo fica em top less.

Se o nível de equipamento recheado e o posto de condução correto são argumentos que jogam a favor desta variante CC, já a solidez do conjunto é afetada sempre que se circula por pisos irregulares (a situação melhora caso o tejadilho esteja erguido).

Já a falta de espaço nos dois lugares traseiros, torna mais este modelo num dois lugares do que num 2+2. A bagageira tem o volume possível atendendo às vicissitudes impostas pelo layout da carroçaria.

Equipado com o célere motor Diesel 1.6 dCi de 130 cv, que traz acoplada caixa manual de seis velocidades, conta com sistema start/stop e dispõe de filtro de partículas, o Mégane CC oferece uma condução interessante. Não é propriamente confortável, mas é previsível e reativo em tudo aquilo que faz.

renaultmeganecc1


Ficha Técnica

Motor: 4 cil. em linha Diesel, transv., diant.
Cilindrada (cc): 1598
Potência máxima (cv/rpm): 130/4000
Binário máximo (Nm/rpm): 320/1750
Velocidade máxima (km/h): 205
0-100 km/h (s): 10,8
Consumo combinado (l/100 km): 4,4
Emissões de CO2 (g/km): 115
Preço: €36.550
IUC: €141,47