Kia cee’d SW 1.6 CRDi TX Sport Aut.

Optar por uma caixa manual ou automática, nem sempre é uma decisão... automática. Obriga a refletir sobre os prós e contras. E nos valores que envolvem a decisão. No caso do Kia cee’d SW 1.6 CRDi, as contas são simples.

A versão com caixa automática de seis velocidades representa um custo de mais €5000, relativamente à de transmissão manual. Porquê? Porque a primeira eleva as emissões de CO2 para a fasquia dos 149 g/km. E esta paga-se em imposto.

Mas isto são contas de outro rosário. Porventura mais interessante é saber se, em termos de prestações, compensa. E aí, as dúvidas permanecem. Não raras vezes, a transmissão automática denota pouca suavidade nas passagens de relação, além de se fazer ouvir de forma considerável. E se nas acelerações cumpre, já nas recuperações demora um pouco mais a colocar os 128 cv no chão, através das rodas dianteiras.

kiaceedsw1

Irrepreensível é quase tudo o resto. Alberga espaçosamente cinco pessoas, muito embora o lugar central dos bancos traseiros seja um pouco apertado. O nível de equipamento TX Sport, único disponível na versão de caixa automática, contempla tudo o que se possa reclamar de um modelo do segmento C.

Mesmo mimos como os sensores de luz e chuva, ar condicionado automático e câmaras de apoio ao estacionamento traseiro constam da lista. E graças a uma campanha, custa €30 382 em vez de €34 232, o que representa uma poupança de €3850.


Ficha Técnica
Motor: 4 cil. em linha Diesel, transv., diant.
Cilindrada (cc): 1582
Potência máxima (cv/rpm): 128/4000        
Binário máximo (Nm/rpm): 260/1900-2750    
Velocidade máxima (km/h): 185
0-100 km/h (s): 12,1
Consumo combinado (l/100 km): 5,6
Emissões de CO2 (g/km): 149
Preço: €30 382    
IUC: €174,58